Prefeitura de Jequié inicia reforma do Casarão Histórico Nestor Ribeir

  • 07/10/2019
  • 0 Comentário(s)

Prefeitura de Jequié inicia reforma do Casarão Histórico Nestor Ribeir

Tendo em vista preservar o patrimônio histórico e arquitetônico do município de Jequié, na medida da disponibilidade financeira, a Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo e Secretaria de Infraestrutura, iniciou, nesta terça-feira, 1, a execução de obras de recuperação estrutural do antigo Casarão Nestor Ribeiro, situado à Rua Nestor Ribeiro, nº 593, no Centro, cujo prédio não passa por qualquer reparo desde o ano de 2005.

A entrega do bem cultural tangível, devidamente restaurado, está estimada para ocorrer no dia 31 deste mês, às 17h, como parte das ações públicas em comemoração aos 122 anos de emancipação político-administrativa de Jequié. Na mesma ocasião, o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, assinará o decreto de tombamento histórico e arquitetônico do casarão, promovendo, portanto, a proteção das características originais da antiga edificação. O imóvel, de propriedade do município, também abrigará a sede administrativa da Secretaria de Cultura e Turismo, promovendo, ainda, a economia ao erário municipal em relação à despesa com aluguel, na ordem de R$ 48 mil reais por ano.

De acordo com o secretário de Cultura e Turismo, Alysson Andrade, o tombamento do bem cultural em comento, em nível municipal, deve-se ao fato de que o imóvel foi residência de Nestor Ribeiro, um dos baluartes da emancipação político-administrativa de Jequié e homem ativo de negócios, natural do município de Ituaçu, no sudoeste baiano, tendo aportado em terras jequieenses na segunda metade do século XIX. O casarão foi construído no final do século XIX, ostentando, portanto, os padrões das grandes construções soteropolitanas da época.

Segundo consta de registros relacionados à história local, no interior do casarão, Nestor Ribeiro e Lindolfo Rocha, juntamente com outros cidadãos, teriam tratado de assuntos de grande relevo, inerentes aos problemas da então ‘Vila de Jequié’, tendo abrigado, em suas dependências, as primeiras sessões do ‘Clube União’. No interior do mesmo imóvel, teria ocorrido, ainda, importante reunião que definiu a escolha do padroeiro de Jequié, Santo Antônio.

SECOM - Secretaria de Comunicação - quinta-feira, 3 de outubro, 2019

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

AutoDJ

Piloto Automático

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Saulo Fernandes

Pra ver o sol brilhar

top2
2. .

.

top3
3.

top4
4. .

.

top5
5. .

.

Anunciantes