Prefeitura de Jequié busca parceria para restauração de escultura de Mário Cravo

Há 17 anos, na data em que o município de Jequié completou 104 anos de emancipação política, o artista plástico baiano, Mário Cravo, prestou uma significativa homenagem ao município com uma de suas obras. A escultura de grande valor artístico foi instalada em uma base de granito em frente ao Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, na Avenida César Borges; uma das principais vias da cidade. A Prefeitura de Jequié, por intermédio da Secretaria de Cultura e Turismo, protocolou ofício nº 536/2018, na segunda-feira, 22, na sede da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, que trata sobre a análise de parceria para a restauração da escultura, no sentido de garantir a manutenção do patrimônio artístico existente em Jequié.

Com o passar dos anos, a obra, sem qualquer intervenção do poder público, vem sofrendo bastante com a ação natural do tempo e com o vandalismo, que além de promover colagens de cartazes e panfletos sobre a escultura, tem depositado garrafas plásticas, papéis, dentre outros materiais e isso tem comprometido a preservação e contemplação pública.

O artista plástico Mário Cravo faleceu no dia 1º de agosto deste ano, aos 95 anos de idade. Sua formação se deu pelo mundo, começando no interior da Bahia e do Nordeste, passando pelo Rio de Janeiro e indo até Nova York, nos Estados Unidos, e Berlim, na Alemanha. Reconhecido internacionalmente como o maior expoente da escultura moderna baiana, Mário Cravo retratou na sua obra as tradições, as crenças, os costumes e os mitos do povo baiano. O percurso artístico de Mário Cravo soma mais de 50 exposições individuais no Brasil e no exterior, inúmeras exposições coletivas; dentre as quais sete Bienais Internacionais de São Paulo e participação nas 26ª e 30ª edições da Bienal de Veneza, na Itália. Na década de 50, foi premiado no Salão Baiano de Belas Artes, no Salão de Arte Paulista de Arte Moderna, na Bienal de São Paulo e na Exposição de Arte Sacra da Universidade Católica do Rio. Suas obras podem ser vistas em alguns municípios da Bahia, no Rio de Janeiro, em Brasília e nos Museus de Arte Moderna de Nova York, Jerusalém e São Paulo. Na capital baiana, várias de suas peças estão espalhadas pela cidade e centenas reunidas no Espaço Cravo, no Parque de Pituaçu.

Segundo o secretário municipal de Cultura e Turismo, Alysson Andrade, a escultura de Mário Cravo tem alto valor artístico e também marca um momento importante para o desenvolvimento do município de Jequié, já que se encontra instalada na Avenida Cesar Borges, construída com a proposta de ser um vetor de crescimento.

 

“Estamos fazendo um levantamento dos bens culturais existentes em Jequié, no sentido de que a Prefeitura, em parceria com os entes federados, possa promover a manutenção e a salvaguarda destes bens tão importantes do ponto de vista artístico, arquitetônico e histórico. Os jequieenses quase não conhecem aquela obra de Mário Cravo.”, declarou o secretário de Cultura e Turismo, Alysson Andrade.

 

 

Matéria Liberada pala SECOM - Secretaria de Comunicação - quarta-feira, 24 de outubro, 2018

Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

QUEM SOMOS

Tel: (71) 99354-1700 
Email:radiojovembrasilweb@gmail.com
End: Gregorio Bondar
Cidade - Salvador - Rio - S.Paulo
RÁDIO WEB JOVEM BRASIL